Menu Right

Top Social Icons

Publicidade
Publicidade
18 9 99631 6205
WhatsApp
WhatsApp

segunda-feira, 27 de julho de 2020

Suspeito de matar a tiros homem em Martinópolis se apresenta à polícia e entrega arma de fogo

Indivíduo de 28 anos disse que ele e a vítima, de 25 anos, tinham um desentendimento antigo. Crime foi registrado no último sábado (25).

Atualizado 27/07/2020 às 15:28  

Suspeito de matar a tiros homem em Martinópolis se apresenta à polícia e entrega arma de fogo

Revólver de calibre 38 foi entregue à polícia — Foto: Polícia Civil

Se apresentou à Polícia Civil na manhã desta segunda-feira (27) o suspeito de matar a tiros um rapaz de 25 anos em Martinópolis no fim de semana. Por não estar no período de flagrante, o indivíduo foi ouvido e liberado. Na ocasião, ele também entregou um revólver de calibre 38 que teria sido usado no crime.

Conforme contou o delegado Airton Roberto Guelfi, durante o fim de semana foram realizados diversos trabalhos de investigação e diligências, e o suspeito foi convencido a se apresentar na Delegacia da Polícia Civil.

Na manhã desta segunda-feira, acompanhado de um advogado, o homem de 28 anos foi até a unidade e relatou que ele e a vítima já tiveram brigas, inclusive com registro policial, e que “vinha sendo ameaçado pelo rapaz”. “Com medo”, o indivíduo resolveu comprar uma arma de fogo e cometer o crime, de acordo com o delegado.

Após a conversa, o indivíduo também entregou a arma de fogo e relatou que as cápsulas deflagradas haviam sido descartas em uma estrada durante a fuga. Foram realizadas diligências, mas não as localizaram.

Por ora, o indivíduo foi ouvido e liberado, pois já não cabia flagrante, conforme rege a lei, mas ele foi indiciado por homicídio simples.

A Polícia Civil segue com as investigações e aguarda laudos periciais e necroscópico. Ainda foi requisitado perícia para a arma de fogo.

Crime
O homicídio foi registrado na noite deste sábado (25) no Conjunto Arthur Galvão, em Martinópolis. A vítima foi um homem, de 25 anos.

Conforme informou a Polícia Militar a corporação foi acionada e informada de que a vítima havia sido alvejada e socorrida por familiares à Santa Casa local.

Uma equipe seguiu até a unidade de saúde, onde foi informada por funcionários de que o homem chegou ao local, ainda com vida, alvejado por dois tiros, sendo um no braço e outro na lateral do tórax. Contudo, não resistiu aos ferimentos e morreu.

Veja mais notícias em: Adamantina Notìcias

Finte: G1
close button
Anuncie