Menu Right

Top Social Icons

Publicidade
Publicidade
18 9 99631 6205
WhatsApp
WhatsApp

terça-feira, 11 de agosto de 2020

Homem queima o seio da companheira durante discussão

Vítima afirmou que autor estava “enfurecido” por desconfiar de que ela não tivesse passado o final de semana com os pais

Fonte:imparcial
Atualizado 11/08/2020 às 15:37

Homem queima o seio da companheira durante discussão
Foto: Polícia Civil - Fato foi registrado na madrugada de ontem, em Rosana

Um homem de 39 anos foi preso por violência doméstica em Rosana. O crime ocorreu na madrugada de segunda-feira, e vitimou uma mulher de 32 anos que teve o seio queimado após o acusado arremessar uma vela contra ela. 

De acordo com a Polícia Civil, a vítima afirmou que está em uma união estável com o indivíduo há aproximadamente oito meses. Ela disse que no domingo esteve com familiares para celebrar o Dia dos Pais, e quando retornou para a casa encontrou o homem “enfurecido”.

Segundo a vítima, ele alegava que ela esteve em outro lugar, não com a família. Foi então que o homem pegou uma vela que estava acesa e arremessou contra a mulher – o que causou queimadura no seio. A vítima ainda levou um chute na perna e foi ofendida com xingamentos. 

Como a família da jovem mora perto da residência, o pai foi ao imóvel para tentar salvar a filha. Os vizinhos também entraram na casa, mas foram recebidos a pedradas. 

Com a chegada da Polícia Militar a situação foi controlada. De acordo com a corporação, o agressor estava com um facão na mão, mas soltou quando percebeu a entrada dos militares. 

“Comportamento comum”
Conforme a Polícia Civil, a vítima afirmou que o comportamento agressivo do companheiro é comum, e que já havia sido agredida outras vezes, porém, não teve coragem que comunicar as autoridades. 

“Diante dos fatos, a autoridade de plantão ratificou a voz de prisão, entendendo que a conduta praticada pelo indiciado caracterizou os crimes de lesão corporal dolosa e injúria, ambos praticados no contexto da Lei Maria da Penha, ou seja, violência doméstica”, explica a Polícia Civil.

A vítima solicitou as medidas protetivas de urgência contra o agressor, pedido encaminhado para deliberação do Judiciário.

Veja  mais em Adamantina Notìcias
close button
Anuncie