Menu Right

Top Social Icons

Publicidade
Publicidade
18 9 99631 6205
WhatsApp
WhatsApp

sexta-feira, 7 de agosto de 2020

Motoboy é humilhado por homem rico em condomínio de luxo: “Você é um lixo”

Após entregador ser humilhado por ofensas racistas em Valinhos, empresa diz que vai excluir usuário da plataforma

Por Paulo R
Atualizado 07/08/2020 às 17:58

Motoboy é humilhado por homem rico em condomínio de luxo: “Você é um lixo”

O fato aconteceu em Valinhos, São Paulo, na manhã desta sexta-feira (7) e foi divulgado no twitter por milhares de pessoas que estão indignadas com a atitude desumana como foi tratado esse motoboy chamado Matheus, “como o da Bíblia”.

A situação toda foi filmada por vizinhos do tal “homem rico”, que se acha melhor do que todos os trabalhadores do Brasil. Ele está sendo muito compartilhado porque expõe uma situação real do Brasil a opressão ao pobre, o racismo e a super valorização do dinheiro, do status, e da posição social.

O motoboy foi humilhado pelo morador que diz que ele nunca poderá ter uma casa como a dele e por isso tem inveja, o chama de lixo, semianalfabeto, parece que não pode piorar, mas ele diz mais, diz que o motoboy nem tem onde morar e que tem inveja da sua cor, apontando para o seu braço.

É extremamente repugnante o que esse homem faz com o trabalhador.

O motoboy aparece no vídeo ligando para a polícia para denunciar a ocorrência, e isso deixa o “homem rico” muito bravo. Ele fica andando para um lado e para o outro fazendo gestos intempestivos como se ele fosse o homem mais certo do mundo, e o trabalhador estivesse errado.

Ele ainda tenta desmoralizar o motoboy na frente dos outros vizinhos perguntando quanto ele ganha por mês. “Quanto deve ganhar por mês heim? Dois mil reais? Não deve ter nem onde morar”, gritou.

O entregador humilde, mas ciente dos seus direitos, respondeu com educação. “Eu tenho onde morar sim”, e ainda disse: “Eu posso ter o mesmo que você”, “você tem dinheiro porque trabalhou ou porque o seu pai te deu?”, falou.

E completou: Meu nome é Matheus, como o da Bíblia. E o homem respondeu, “Seu nome é Matheus? Você está mentindo agora!”. E o motoboy continuou: O senhor dá tanto valor a mim que nem chegou a ver o nome no aplicativo que estava vindo na sua casa, de tanto que o senhor se preocupa com a sua casa”, concluiu.
O ofensor diz ainda que o entregador tem “inveja do condomínio”.

O caso


Um vídeo, divulgado na manhã desta sexta-feira (7), mostrou o momento em que o homem ofende o profissional e diz que ele tem "inveja disso aqui", apontando para a própria pele. O caso aconteceu no dia 31 de julho. Na ocasião, a Guarda Municipal foi chamada e encaminhou todos para a Delegacia de Valinhos. O condomínio fica no bairro Chácaras Silvania.
Após um entregador ser humilhado e sofrer agressões verbais e racismo por parte de um morador de um condomínio de casas em Valinhos (SP), o aplicativo de entrega de comida IFood se pronunciou sobre o caso e confirmou, em nota, que o usuário será excluído da plataforma de pedidos. Veja abaixo o que dizem o pai e a defesa do agressor.

"Baseados nos termos de uso do aplicativo, o IFood descadastrou o usuário agressor da plataforma. A empresa está em contato para oferecer ao entregador apoio jurídico e psicológico", diz a empresa ao mencionar que censura preconceito ou descriminação.

Veja mais em Adamantina Notìcias
close button
Anuncie