Menu Right

Top Social Icons

Publicidade
Publicidade
18 9 99631 6205
WhatsApp
WhatsApp

terça-feira, 4 de maio de 2021

TRAGÉDIA | SUADADES (SC) Identificadas as vítimas e o autor do ataque a creche; bebês ainda fariam 2 anos - Adamantina Notìcias

Cinco pessoas morreram após invasão criminoso na escola infantil: três crianças e duas professoras

Atualizado

Por: TERO QUEIROZ 04/05/2021 às 17:04

TRAGÉDIA | SUADADES (SC) Identificadas as vítimas e o autor do ataque a creche; bebês ainda fariam 2 anos  -  Adamantina Notìcias
Fabiano Kipper Mai está a direita da imagem, a esquerda estão as vítimas: Mirla (acima) e a professora, Keli. - Foto: Polícia

O ataque feito por Fabiano Kipper Mai, de 18 anos, a creche Aquarela, em Saudades (SC) nessa manhã (4. maio) vitimou na porta da escola a professora de educação infantil, Keli Adriane Anieceviski, de 30 anos.  Depois, segundo o delegado Jerônimo Marçal, o suspeito seguiu até uma sala de aula, onde haviam 4 crianças. Ali o criminoso desferiu golpes de facão contra os bebês, três deles morreram no local e um foi resgatado com vida. 

Após atacar os bebês, todos com menos de 2 anos, o criminoso ainda matou a Agente Educativa, Mirla Renner. A vítima completou 20 anos em janeiro e estudava Engenharia Química na Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc).  A professora ferida na porta da escola teria ainda seguido o criminoso para contê-lo, mas morrendo na ocasião. Outros educadoras teriam se trancado nas salas com as crianças, afim de conter o avanço de ataque. Segundo o site Louve, parte dos bebês foram escondidos no fraldário.

As identidades das vítimas foram divulgadas no início da tarde. Veja abaixo: 


PROFESSORA: KELI ADRIANE ANIECEVISKI

A primeira vítima da chacina a ser identificada foi Keli Adriane Anieceviski, de 30 anos. Ela era professora na Escola Infantil e Berçário Pró-Infância Aquarela.

ALUNOS: ANABELA, SARA LUISA E MURILO

Segundo informou a secretária de educação do município, Gisela Hermann, os alunos – duas meninas e um garoto – completariam dois anos no segundo semestre de 2021. Seus nomes eram Anabela, Sara Luisa e Murilo.

Sarah Luiza Mahle Sehn, tinha 1 ano e 7 meses

Murilo Massing, de 1 ano e 9 meses

Anna Bela Fernandes de Barros, de 1 ano e 8 meses.

AGENTE EDUCATIVA: MIRLA RENNER

A quinta vítima é Mirla Renner, de 20 anos, uma agente educativa da instituição de ensino, que atende crianças de dois até seis anos.

De acordo com a secretária Gisela Hermann, aproximadamente 30 pessoas estavam na creche no momento do ataque.

As identidades das crianças foram confirmadas pelo delegado Jerônimo Ferreira. A identidade da criança sobrevivente não foi divulgada.  

close button
Anuncie