Menu Right

Top Social Icons

Publicidade
Publicidade
18 9 99631 6205
WhatsApp
WhatsApp
Publicidade

terça-feira, 15 de junho de 2021

Araraquara entra novamente em alerta para um novo lockdown - Adamantina Notìcias

Para fechar as atividades econômicas, a cidade precisa superar índice estipulado de positivados por três dias seguidos ou cinco alternados em uma semana

Atualizado

Por:ACidadeON 15/06/2021 às 14:07

Araraquara entra novamente em alerta para um novo lockdown  -  Adamantina Notìcias
Foto: Reprodução - Amanda Rocha

Araraquara entra mais uma vez em estado de alerta para um novo lockdown com o aumento da confirmação de novos casos de coronavírus. Nesta quinta-feira (15) foram registrados mais 91 casos positivos de coronavírus, o equivalente a 22,97% de 396 amostras analisadas nos serviços públicos e privados de saúde e nos setores econômicos e sociais do município, ou seja, sintomáticos e também assintomáticos testados na busca ativa. Considerando apenas os sintomáticos que procuraram os serviços de saúde, esse percentual sobe para 24,66% de 369 amostras, sendo, destas, 91 positivados.


Araraquara soma 23.670 casos confirmados de covid-19.


Em cumprimento ao decreto municipal em vigor, o Comitê de Contingência do Coronavírus emite sinal de alerta máximo na data de hoje. Considerando que a taxa de positividade dos testes em geral (sintomáticos e assintomáticos) ultrapassou 20%, o município alcançou o índice que estabelece o fechamento das atividades econômicas e sociais.


"O Comitê segue analisando a situação epidemiológica para deliberar sobre as ações necessárias de enfrentamento da doença. Chama a atenção ainda, na data de hoje, a taxa de positividade dos testes realizados em indivíduos sintomáticos também superior a 20%, o que já colocaria a cidade em estado de alerta".


VAI TER LOCKDOWN? 

De acordo com o decreto municipal, para que os segmentos econômicos e sociais de Araraquara continuem abertos para atendimento presencial, a taxa de positividade para covid-19 nos testes não pode ultrapassar 30% dos indivíduos sintomáticos ou 20% nos testes em geral (contando sintomáticos e assintomáticos) por três dias consecutivos ou por cinco dias alternados dentro de um prazo de sete dias de intervalo. Caso esses índices sejam ultrapassados, a abertura das atividades econômicas e sociais será suspensa para o controle da pandemia pelo prazo de, no mínimo, sete dias.


Mais uma vez, o município se encontra em estado de alerta máximo e cabe à população em geral se conscientizar da importância de participar deste enfrentamento, se mantendo longe de qualquer tipo de aglomeração, usando máscara corretamente em espaços públicos, cobrindo nariz e boca máscara corretamente, e respeitando a restrição noturna de circulação.


A força-tarefa da Prefeitura está nas ruas fiscalizando e cobrando o cumprimento das regras e normas previstas no decreto municipal.


Do total de confirmados, 920 permanecem em quarentena e 22.271 já saíram. Aguardam resultado de exames 876 amostras.


Em relação às testagens realizadas nos setores econômicos e sociais do município, foram aplicados no dia 14 de junho, 27 testes, em 5 estabelecimentos, sendo todos negativados.


Hoje, 206 pacientes estão internados. Destes, 113 confirmados estão em enfermaria e 93 confirmados estão na UTI.


Com relação às internações nos serviços hospitalares que disponibilizam leitos para covid-19 (públicos e privados), a cidade conta hoje com uma taxa de ocupação de 70% de leitos de enfermaria e 82% de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).


Do total de 206 internados, 117 são moradores de Araraquara e 89 são de outros municípios e foram transferidos para hospitais da cidade, sendo que 39 estão em enfermaria e 50 estão em UTI.


MORTES

Araraquara registrou, até o momento, 479 óbitos decorrentes de covid-19. Os quatro óbitos registrados nas últimas 24 horas são: homem de 53 anos, com comorbidades, internado em hospital da rede privada no dia 10 de junho; mulher de 94 anos, sem comorbidades, internada em hospital da rede pública no dia 13 de junho; homem de 47 anos, com comorbidades, internado em hospital da rede pública em 28 de maio e homem de 51 anos, sem comorbidades, internado em hospital da rede privada no dia 6 de junho.


Todos os positivados, assim como seus comunicantes, estão sendo monitorados pelas equipes da Secretaria Municipal da Saúde. O objetivo é orientar e cobrar o cumprimento da quarentena.


close button
Anuncie