Menu Right

Top Social Icons

Publicidade
Publicidade
18 9 99631 6205
WhatsApp
WhatsApp
Publicidade

sábado, 19 de junho de 2021

Vizinho estupra e espanca jovem após invadir residência no Jardim Morada do Sol, em Presidente Prudente

Policiais militares prenderam o suspeito, de 26 anos, na madrugada deste sábado (19). Vítima, de 21 anos, foi socorrida e encaminhada ao Hospital Regional (HR).

Atualizado

Por:G1 19/06/2021 às 19:09

Vizinho estupra e espanca jovem após invadir residência no Jardim Morada do Sol, em Presidente Prudente
FOTO - REPRODUÇÃO GOOGLE

Uma jovem de 21 anos foi vítima de estupro, tentativa de homicídio e furto na madrugada deste sábado (19), no Jardim Morada do Sol, o Km 7, em Presidente Prudente (SP). Um homem de 26 anos, suspeito de cometer os crimes, foi preso em flagrante pela Polícia Militar.


Os policiais militares foram acionados para o atendimento da ocorrência e quando chegaram ao local constataram que a vítima possuía diversas lesões por todo o corpo. De acordo com as informações da PM, a jovem relatou que estava dormindo quando um morador vizinho entrou em sua residência e passou a acariciá-la, momento em que ela acordou.


O homem estava armado com uma faca e obrigou a vítima a praticar sexo oral e posteriormente conjunção carnal com ele. Após consumada a conjunção carnal, o estuprador tentou enforcar a vítima com um fio de um aparelho secador de cabelos, fazendo com que ela perdesse os sentidos.


Depois que a jovem retomou a consciência, o estuprador jogou um colchão sobre a vítima e começou a pisoteá-la e a desferir chutes em seu rosto, o que fez com que ela desmaiasse novamente. Após recuperar a consciência, a jovem percebeu que seu celular havia sido furtado pelo criminoso.


De acordo com a PM, o estuprador foi embora do local pensando que a vítima estava morta, já que ela ficou desacordada após as agressões. Devido às lesões, a jovem foi até a casa de seu pai, que mora próximo, para pedir socorro.


Os policiais militares foram até a residência do suspeito e o localizaram enquanto dormia dentro do imóvel. Ele recebeu voz de prisão em flagrante e foi conduzido à Delegacia Participativa da Polícia Civil, onde permaneceu à disposição da Justiça. 


A vítima foi socorrida por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Emergência (Same) e encaminhada à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Jardim Guanabara para receber os primeiros cuidados médicos. Em seguida, ela foi levada para o Hospital Regional (HR), onde permaneceu internada.


Em nota ao G1, o HR informou que a paciente deu entrada no Pronto-socorro da unidade na manhã deste sábado (19) e foi prontamente atendida pela equipe médica e multiprofissional. Neste momento, seu estado de saúde é considerado estável.


Ainda segundo a PM, a residência da vítima possuía vários vestígios de sangue.


A Polícia Científica foi acionada e periciou o local, onde a vítima mora sozinha.

close button
Anuncie