Menu Right

Top Social Icons

Publicidade
Publicidade
18 9 99631 6205
WhatsApp
WhatsApp

quarta-feira, 2 de setembro de 2020

Golpista finge ser agente do SUS para fazer pesquisa sobre o coronavírus e idoso tem o WhatsApp clonado

Um idoso de 66 anos afirma ter sido vítima de um golpe nesta terça-feira (1º), em Presidente Prudente. Conforme o Boletim de Ocorrência, ele participou de uma pesquisa por telefone sobre o novo coronavírus e teve o WhatsApp clonado.

Atualizado 02/09/2020 às 09:59

Golpista finge ser agente do SUS para fazer pesquisa sobre o coronavírus e idoso tem o WhatsApp clonado
Delegacia Participativa de Presidente Prudente — Foto: Valmir Custódio/G1
Ainda segundo o registro policial, o homem relatou que recebeu uma ligação no período da tarde de um número com DDD 11. Esse chamado seria de uma pessoa que se passou por "agente" do Sistema Único de Saúde (SUS) e que fez a perguntas da pesquisa sobre a Covid-19.

Minutos após a ligação, o idoso disse que passou a receber mensagens de familiares e conhecidos "informando que estavam solicitando depósito de dinheiro". Os pedidos eram feitos em nome da vítima, por meio de seu WhatsApp.

Também de acordo com o BO, o homem procurou a Polícia Civil porque ficou receoso que alguém utilize seu contato para aplicar golpes ou praticar ofensas contra alguém.

O caso foi registrado como "violação do segredo profissional" e tentativa de estelionato.

No último final de semana, em Rancharia, um homem de 51 anos também teve seu WhatsApp clonado depois de participar de uma suposta pesquisa sobre o coronavírus.

Ele relatou à Polícia Civil que recebeu uma ligação de um DDD 11 e que para validar a pesquisa, precisava passar um protocolo enviado por SMS. Após informar o número, ficou sem acesso ao WhatsApp.

Colegas da vítima passaram a receber pedidos de dinheiro pelo aplicativo.

Em ligação, homem participa de pesquisa falsa sobre o coronavírus e tem o WhatsApp clonado

Fonte:G1
Veja mais em Adamantina Notìcias
close button
Anuncie