Menu Right

Top Social Icons

Publicidade
Publicidade
18 9 99631 6205
WhatsApp
WhatsApp

quarta-feira, 19 de agosto de 2020

Motorista de aplicativo é feito refém durante assalto em Pirapozinho

Vítima chegou a ser transportada dentro do porta-malas antes de ser abandonada no trevo de Rosana

Atualizado 19/08/2020 às 12:11

Motorista de aplicativo é feito refém durante assalto em Pirapozinho
Foto: Polícia Militar - Trio foi detido no Estado do Mato Grosso do Sul

Um motorista de aplicativo foi assaltado na noite de ontem, em Pirapozinho. A vítima, 36 anos, chegou a ser colocada dentro do porta-malas do próprio veículo onde seguiu viagem com os criminosos. Os indivíduos, sendo dois adolescentes, foram detidos em ação conjunta no Mato Grosso do Sul.

De acordo com a Polícia Militar, um dos envolvidos relatou que ele e a namorada, ambos de 17 anos, solicitaram o serviço de transporte por aplicativo. Quando chegaram a Pirapozinho, um homem de 22 anos já aguardava o carro e anunciou o assalto.

Ele portava um simulacro de arma de fogo e abordou o motorista. Já imobilizado, o condutor foi colocado no porta-malas do carro e seguiu viagem com os assaltantes.

Após certo tempo de percurso, a vítima foi abandonada no trevo de Rosana, onde acionou a Polícia Militar. 
Motorista de aplicativo é feito refém durante assalto em Pirapozinho
Ação conjunta resultou nas prisões

Com base nas informações repassadas pelo motorista de aplicativo, a equipe do 42º BPM/I (Batalhão de Polícia Militar do Interior) acionou os militares do Estado vizinho de que um veículo Renault/Kwid havia sido roubado, e que os criminosos estariam se deslocando em direção ao Mato Grosso do Sul. 

Na fronteira com Anaurilândia, a guarnição se deparou com o veículo que passou “em alta velocidade” pela MS-480.

Diante da suspeita de que pudesse ser o carro roubado, foi feito acompanhamento tático e solicitado apoio de mais policiais. 

Foi então que militares de Batayporã (MS) avistaram um veículo com as mesmas características no momento em que adentrava no pátio de um posto de combustíveis. Durante a abordagem aos três ocupantes, nada de ilícito foi encontrado.

Os envolvidos foram interrogados e confessaram o crime. Segundo a polícia, um dos adolescentes passou detalhes sobre o ocorrido - relato que foi registrado no boletim de ocorrência. 

Após o flagrante o trio foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil de Batayporã onde permaneceu preso. Já o simulacro utilizado no crime foi localizado na residência do autor maior de idade, em Pirapozinho.

Na delegacia, a vítima disse que além do veículo, os criminosos também roubaram um relógio de pulso e a quantia de R$ 55 que estava em sua carteira. 


A partir das prisões, a polícia trabalha para identificar se há outras pessoas envolvidas no crime.


Veja mais em Adamantina Notìcias
close button
Anuncie