Menu Right

Top Social Icons

Publicidade
Publicidade
18 9 99631 6205
WhatsApp
WhatsApp
Publicidade

quinta-feira, 31 de dezembro de 2020

Aos 21 anos, jovem é hospitalizado com Covid-19: “pode acontecer com qualquer um”, alerta - Adamantina Notìcias

“Como menino novo, pensei que não seria nada demais”, disse o jovem Thiago Ferracini

Atualizado 31/12/2020 às 09:57

Aos 21 anos, jovem é hospitalizado com Covid-19: “pode acontecer com qualquer um”, alerta  -  Adamantina Notìcias

Aos 21 anos, o estudante de direito, Thiago Ferracini, de Adamantina, entrou para a contagem de casos positivos para Covid-19 na cidade. Desde sábado (26) ele está internado na Santa Casa de Adamantina, onde se recupera da doença.

A condição de saúde de Thiago se tornou púbica após ter publicado um stories em suas redes sociais. Ele postou uma foto sua, no hospital, com máscara de oxigenação, e escreveu: “Só peço forças a Deus, e quem puder, orem por mim e respeitem a quarentena. isso não é brincadeira”.

Na tarde desta terça-feira (29) o Siga Mais fez contato com Thiago, que prontamente atendeu, e se dispôs a falar sobre seu caso, sobretudo para alertar a população. A entrevista aconteceu por meio de um aplicativo de mensagens.

Thiago contou que os primeiros sinais da doença começaram a surgir por volta de terça-feira da semana passada. “Eu estava com uma tosse bem forte, mas como menino novo, pensei que não seria nada demais. Foi onde nem me preocupei”, disse. “E na quinta pra sexta-feira, noite de Natal, eu bebi, e acho que foi onde pôde ter piorado”, completou.

Já na sexta-feira Thiago foi a Presidente Prudente, a passeio, e conta sobre o incômodo vivido na viagem, em um percurso com cerca de 110 km. “Não conseguia ficar quieto dentro do carro, muita tosse, desconforto e falta de ar”.

Thiago retornou a Adamantina por volta de meia noite, quando procurou a Santa Casa local, quando prescreveram medicação e liberaram. “Voltei no sábado à tarde e novamente não fizeram nada, só remédios, até que voltei pela terceira vez, quando eles pediram raio-x do meu peito e acabaram me internando por conta da minha falta de ar”, relata. “Fui internado no sábado, já iniciando com os aparelhos de oxigênio”.

Ele destaca que o principal reflexo no seu organismo, trazido pela doença, é a falta de ar, e isso lhe traz medo. “É horrível querer respirar tranquilamente e não conseguir”, diz. “Tirar essa máscara de oxigênio e ir ao banheiro já dificulta bastante”, descreve.

JOVEM ALERTA SOBRE AGLOMERAÇÕES E USO COMPARTILHADO DE OBJETOS

Perguntado pelo Siga Mais se acreditava nos riscos da doença, antes de contraí-la, Thiago foi objetivo e não fugiu da resposta. “Não, eu não levava a sério”, afirmou. “Até que eu saía e sempre se encontrando com amigos, mas é só depois que acontece com alguém para realmente acreditar”, desabafa. “Eu só queria deixar uma mensagem para os jovens, para que tenham medo sim, porque pode acontecer com qualquer um, e isso não é brincadeira”, diz, em tom de alerta.

Thiago se dirigiu ainda àqueles que frequentam aglomerações e compartilham objetos de uso pessoal. Ele citou locais como Parque dos Pioneiros e o loteamento – como notificou o SIGA MAIS no domingo –, bem como o uso de narguilé e tereré. “Quero deixar mais um recado aos jovens que compartilham tereré, narguilé, e vão no Buração e naquele loteamento, para prestarem atenção, pois isso é um dos maiores motivos de estar acontecendo esses casos aqui em nossa cidade, atingindo pessoas de todas idades, como eu, de 21 anos”.

Ao final da entrevista, Thiago tranquilizou familiares e amigos. “Já estou bem melhor, hoje. De quando entrei aqui, agora consigo ficar mais tempo sem respiradores, e espero logo ter alta e continuar meu isolamento em casa, mas espero que os jovens que leiam isso prestem atenção, e se coloquem em seus lugares, pois isso não é brincadeira”, afirmou.

CASOS EM ADAMANTINA

Segundo o boletim epidemiológico divulgado nesta terça-feira pela Prefeitura de Adamantina, a cidade tem atualmente 25 casos ativos de moradores da cidade com a Covid-19, acumulando um total 652 casos positivos, 17 óbitos e 610 moradores curados desde o início da pandemia, de um total de 3.140 notificações.

Ainda de acordo com a Prefeitura, a Santa Casa tem seis pacientes hospitalizados, sendo dois de Adamantina, na enfermaria, e outros quadro são de moradores de cidades da região, dos quais três estão na enfermaria e um na UTI.

Fonte:kakonews

close button
Anuncie