Menu Right

Top Social Icons

Publicidade
Publicidade
18 9 99631 6205
WhatsApp
WhatsApp
Publicidade

sexta-feira, 10 de junho de 2022

Pais tóxicos: sinais de que seu comportamento pode prejudicar o seu filho - Adamantina Noticias

Você já conhece o conceito de pais tóxicos? Ser pai ou mãe costuma trazer imensas alegrias, mas também muitas responsabilidades. 

Atualizado

Por: leiturinha 10/06/2022 Ás 11:51

 
Pais tóxicos: sinais de que seu comportamento pode prejudicar o seu filho  -  Adamantina Noticias
Imagem - inlustrativa

Afinal, educar uma criança não é simples: demanda atenção, discernimento, afeto, limites e autoconhecimento, por exemplo. E nem sempre isso é fácil. Em alguns casos, os adultos podem exagerar na dose de cuidados, nas broncas ou até perder a mão na hora de impor limites.

Sabemos que errar é humano e que, muitas vezes, faz parte do processo. No entanto, há alguns sinais importantes de alerta! 🚨 Atitudes como comparar, culpar, controlar, desrespeitar, cobrar e até humilhar não podem ser recorrentes na relação entre pais e filhos. 

Conhecidos como pais tóxicos ou pais narcisistas, esse tipo de parentalidade não é saudável e pode impactar negativamente a vida e o desenvolvimento dos pequenos e pequenas. Pensando nisso, vamos conversar sobre os sinais de que seu comportamento pode prejudicar seu filho? Acompanhe!


O que são mães e pais tóxicos?
Ainda que possam agir de forma inconsciente, os pais tóxicos, também conhecidos como pais narcisistas, contam com características típicas. São aqueles que, em nome do cuidado e do amor, costumam colocar os filhos para baixo. 

E isso pode ocorrer por diversas maneiras: seja invadindo sua privacidade, protegendo exageradamente, fazendo chantagens emocionais e controlando cada passo dos pequenos e pequenas.

Também são aqueles que se sentem no direito de opinar sobre tudo na vida do filho ou filha, bem como decidir tudo por eles. Esses pais são chamados de tóxicos porque, ao exagerarem na superproteção e até mesmo no autoritarismo, acabam impactando negativamente no desenvolvimento das crianças.

Com isso, afetam principalmente a autoestima, autoconfiança e autonomia de seus filhos. 😕 Resumindo, os pais tóxicos acreditam que estão ajudando e protegendo as crianças. Quando, na verdade, estão fazendo mal aos seus próprios filhos, por vezes sem nem ao menos perceber.

Características de pais tóxicos
Se você é uma mãe, pai ou pessoa responsável que se identifica com as características abaixo, é bastante importante repensar a forma como você se dirige aos seus filhos ou às suas filhas. É hora de reavaliar como demonstrar cuidado para com as crianças, respeitando seus limites e vontades próprias, tudo bem? 

Então, confira agora mesmo algumas das características de um pai ou uma mãe tóxica:

Culpam os filhos por suas próprias decisões e frustrações;
Cobram exageradamente e não reconhecem ou valorizam os esforços da criança;
Expõem a vida pessoal dos filhos;

Criticam a personalidade, a aparência e as atitudes dos pequenos e pequenas a todo momento;
Tentam controlar a vida pessoal, escolar, acadêmica e profissional dos filhos, reagindo negativamente quando contrariados;

Não respeitam a intimidade e privacidade dos filhos;
Fazem chantagem emocional e se sentem, facilmente, ofendidos quando os filhos não cedem.
Por trás de uma mãe ou pai tóxico
A princípio, pode ser que você ache estranho que tantas atitudes negativas possam estar associadas à criação de uma criança, não é mesmo? Porém, é importante lembrar que, na maioria das vezes, esses adultos não agem de forma consciente. Ou seja, muitas vezes, eles mesmos não percebem o quanto estão sendo prejudiciais para os próprios filhos.

Comportamentos tóxicos como esses podem ser resultado de diversas questões. Por exemplo, de uma criação autoritária e pouco afetiva. Ou então de alguma insegurança ou ansiedade, que faz com que esses adultos busquem se reafirmar desta forma controladora e narcisista.

É preciso amor, honestidade e respeito para transformar as relações de pais e filhos em relacionamentos saudáveis e positivos. Por isso, nada é mais recomendado do que o diálogo aberto e respeitoso entre toda a família. Se você se reconhece como uma mãe ou pai tóxico, converse com seus filhos, assuma seus erros e pergunte a eles como você pode participar de suas vidas, sem exercer nenhum controle ou chantagem emocional. 

Além disso, é muito importante buscar o autoconhecimento e também ajuda profissional, como de um psicólogo(a) ou psiquiatra. Dessa forma, será possível compreender a origem dos comportamentos abusivos e buscar soluções para tais atitudes.

Uma outra sugestão é buscar também a orientação parental, que poderá mostrar novos caminhos na criação gentil dos pequenos e pequenas. 🥰 Por meio da parentalidade consciente, é possível sair do “piloto automático” e compreender por que fazemos o que fazemos, para então quebrar um ciclo de padrões repetitivos. E assim, você poderá estabelecer limites respeitosos e dar mais autonomia para as crianças, para que, aos poucos, elas possam tomar suas próprias decisões.

Como lidar com pais tóxicos?
Se você se reconhece como filho ou filha de pais tóxicos, também temos algumas dicas para você. Da mesma forma que um pai ou mãe tóxica deve procurar ajuda profissional, a terapia pode ser fundamental para recuperar a autoestima, autoconfiança e autonomia de filhos de pais tóxicos. Por isso, não deixe de procurar esse apoio e invista na sua saúde mental.

Além disso, é importante estabelecer limites neste relacionamento entre pais e filhos. Se possível, tente um diálogo franco, sincero e respeitoso, deixando claro qual o limite da influência que eles poderão exercer em sua vida. E reforce que você aprecia a sua independência e jeito de ser, mesmo que isso vá contra aquilo que eles acreditam ser o mais correto, por exemplo.

No entanto, em caso de agressividade ou até violência, não hesite em procurar ajuda. Conte também com pessoas de confiança, como avós, tios, amigos e professores, por exemplo. É importante que você saiba que não está está só e que não é culpado(a) por pelas atitudes de pais tóxicos. Não assuma a responsabilidade por esses comportamentos negativos e não sacrifique sua própria felicidade apenas para vê-los satisfeitos, tudo bem?

Por fim, sabemos que pode ser difícil romper relacionamentos, mesmo aqueles que não são saudáveis. Por isso, caso seja necessário, crie uma distância saudável de pais tóxicos e se fortaleça. Priorize o seu bem-estar, a sua independência e a sua tranquilidade. 😌

Você gostou do nosso texto sobre pais tóxicos e os sinais de que seu comportamento pode prejudicar o seu filho? Aqui no Portal Adamantina Notìcias, se gostou curta compartilhe isso nós ajudara a ganhar mais visualização,

Curta nossa Fanpege Adamantina Noticias no facebook 


close button
Anuncie